Browsed by
Categoria: Aluno em foco

ALUNO EM FOCO: ISABELLE DUARTE – MOBILIDADE INTERNACIONAL

ALUNO EM FOCO: ISABELLE DUARTE – MOBILIDADE INTERNACIONAL

Por Mirassol Raposo.

Na última quarta-feira, 28 de novembro, foi divulgado o edital para Mobilidade Acadêmica Internacional para os discentes que desejam viver essa oportunidade no segundo semestre de 2019 ou no primeiro semestre de 2020.

Os requisitos para poder se inscrever são: estar regularmente matriculado em um curso de graduação da UFF, a matrícula não pode estar trancada; possuir CR igual ou superior a 6; ter integralizado no momento da inscrição no mínimo 20% e no máximo 80% da carga horária total do curso, se o período pretendido for o segundo de 2019, e máximo de 70% se o período pretendido for o primeiro de 2020; possuir conhecimento do idioma em que serão ministradas as aulas na instituição estrangeira escolhida; comprometer-se a retornar a UFF por pelo menos um semestre acadêmico, antes da conclusão do curso, após a mobilidade.

Em busca de informar, estimular e inspirar mais alunos a se inscreverem e viverem essa grande oportunidade, a Equipe UFFoco entrevistou a discente Isabelle Duarte, que se encontra atualmente no 7º período do curso de Direito e foi aprovada para a Mobilidade Internacional para o primeiro semestre de 2019, seu país de destino é a Colômbia.

Confira a entrevista:

UFFOCO: O que te motivou a escolher a Colômbia?

ID: Bom, quando eu fui alocada no edital de Mobilidade eu precisei pensar bastante em quais seriam minhas duas novas opções. Nesse processo, fui criando uma curiosidade maior em relação a América Latina, porque normalmente os estudantes escolhem e visam muito a Europa, sobretudo Portugal pela proximidade linguística, e essa inclusive era minha opção inicialmente. Então, ao selecionar o país, eu filtrei aqueles que me atraíam e não tinham um custo de vida tão alto pois o auxílio financeiro ainda era incerto, e dentre os tantos países, estavam Argentina, Uruguai e Colômbia. Acabei pesquisando sobre as universidades e o que cada uma oferecia, levando em conta a qualidade do ensino, infraestrutura, segurança. E por fim, optei pela Universidad Del Rosario, que é uma universidade privada e uma das mais antigas de Bogotá.

UFFOCO: Quais dificuldade você encontrou em se preparar para a admissão na Universidade escolhida?

ID: A principal delas foi a parte burocrática, pois são necessários diversos documentos, certificados, carta de recomendação, comprovante de proficiência, que devem ser encaminhados sempre dentro do prazo. E uma outra dificuldade foi a questão da locomoção, esse é um obstáculo que os polos do interior acabam enfrentando, pois existem etapas presenciais obrigatórias, em que o não comparecimento elimina o aluno do processo de admissão. Então, ocorreu de eu precisar ir para uma reunião na UFF- Niterói na segunda-feira e depois na quinta da mesma semana, sempre precisando enviar e-mail, aguardar retorno, reenviar se necessário, o que desestimula um pouco aqueles que tentam a mobilidade.

UFFOCO: Como você está se preparando para a mobilidade?

ID: No momento eu estou buscando adiantar os trâmites para a viagem, como o visto de estudante, moradia, documentos e entrei em alguns grupos de estudantes que participaram do programa para trocar dicas. Também estou fazendo aulas de espanhol com um tutor que é Colombiano e veio para o Brasil fazer mestrado há alguns anos. Tem sido muito enriquecedor, pois apesar de ser da área de Engenharia, ele teve o cuidado de montar um cronograma de aulas para abordar temas de Direito com os quais eu irei lidar durante a mobilidade, de maneira mais prática e dinâmica.

UFFOCO: Já escolheu as disciplinas que irá cursar lá? Se sim, quais? Se não, tem alguma ideia de quais pretende?

ID: Já sim, eu optei por escolher duas matérias do curso de Direito e duas optativas, muito embora não aproveite para a minha grade curricular, sei que vai ser útil para a minha formação. Selecionei então: Relaciones Internacionales Y Derecho Internacional,  Mecanismos Internacionales de Protección de Derechos Humanos, Educando Para La Felicidad e também uma sobre Inteligência Emocional.

UFFOCO: Como acha que essa experiência pode contribuir com a sua carreira acadêmica e profissional?

ID: Creio que vai ser uma experiência enriquecedora para a vida, não só para o currículo, porque vai ser a primeira vez que irei viajar sozinha, morar sozinha, estudar algo completamente novo e viver em uma cultura muito diferente da minha. Mas do ponto de vista acadêmico/profissional, creio que vai me trazer um conhecimento para além da sala de aula e vai me permitir adquirir competências importantes para exercer minha profissão futuramente.

UFFOCO: Que conselho você dá para quem deseja fazer mobilidade internacional?

ID: Como ainda não viajei, aconselho que de início tenham bastante paciência durante as etapas da aplicação para a Mobilidade, tenham fé porque é sempre necessário, e não deixem de procurar pessoas que já participaram do programa ou estão indo para o mesmo local que você. A UFF possui vários convênios com instituições estrangeiras e quase sempre tem edital aberto para inúmeros países, além das oportunidades de bolsas oferecidas pelo Santander. Então sugiro a quem for tentar que escolha um país em que tenha facilidade no idioma, que ofereça disciplinas interessantes para a formação e, claro, que traga crescimento pessoal e profissional.

UFFOCO: Gostaria de acrescentar mais alguma coisa?

ID: Apenas agradecer pela entrevista e dizer que estou à disposição para quem tiver dúvidas quanto a mobilidade internacional pela UFF e também quanto às bolsas ibero-americanas. No que eu puder ajudar, estarei disponível. Obrigada UFFOCO!

 

Agradecemos a participação de Isabelle Duarte.

 

Acesse o edital para mais detalhes em: www.editais.uff.br

Para se inscrever à Mobilidade Internacional acesse: https://app.uff.br/sri/cadastro/sign_in

ENTREVISTA COM FERNANDA MACEDO – BOLSISTA PIBIC QUE FICOU ENTRE OS 10 MELHORES TRABALHOS DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS

ENTREVISTA COM FERNANDA MACEDO – BOLSISTA PIBIC QUE FICOU ENTRE OS 10 MELHORES TRABALHOS DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS

Por Mirassol Raposo. 

Os resultados da Semana Acadêmica foram muitos positivos para o VDI. Um dos grandes resultados que o curso de Direito da UFF no campus de Volta Redonda obteve foi na área de pesquisa, na qual a bolsista PIBIC, Fernanda Macedo, sob orientação da Professora Carla Appollinario ficou entre os 10 melhores trabalhos de Ciências Sociais Aplicadas de toda UFF com o projeto “A Exclusão Social e a Invisibilidade da Intelectualidade Negra: A Ausência e a trajetória silenciada da Mulher Negra nos Espaços Acadêmicos”.

E nós da Equipe UFFOCO fomos entrevistar Fernanda Macedo. Confira a entrevista:

 

UFFOCO: Como foi seu processo para ser uma bolsista PIBIC?

FM: No início de 2017, a professora Carla já acompanhava minha trajetória acadêmica de perto e na ocasião me fez o convite para que pudéssemos desenvolver algo juntas, de pronto eu aceitei pois enxerguei uma ótima oportunidade de contribuir com os estudos em Direito com um tema de natureza sociológica.

UFFOCO: O seu projeto é “A Exclusão Social e a Invisibilidade da Intelectualidade Negra: A Ausência e a trajetória silenciada da Mulher Negra nos Espaços Acadêmicos”, por que você escolheu esse tema/assunto? O que ou quem te motivou a abordar sobre?

FM: Esse é um assunto que perpassa minha existência, acredito que seja a motivação principal. Logo, a junção com a academia e a produção científica é uma tentativa de retirar um tema tão relevante da abstração.

UFFOCO: Como foi a construção desse projeto e como ele acrescentou e/ou está acrescentando na sua carreira acadêmica e profissional?

FM: Foram 12 meses de muita revisão bibliográfica, muita interpretação legal à luz da Constituição Federal. O saldo desse projeto é, sem dúvidas, muito positivo na minha vida acadêmica e jurídica, uma vez que me permitiu desnudar a realidade na qual me insiro e produziu dados importantes a compreensão de quem virá.

UFFOCO: Pra você, ter seu projeto entre os 10 melhores trabalhos de Ciências Sociais Aplicadas de toda a UFF significa o quê? Acredita que essa visibilidade e reconhecimento promovem e efetivam ainda mais sua luta?

FM: Eu não esperava, confesso. A academia ainda disponibiliza pouco espaço para reflexões como está. Mas este reconhecimento significa que produzimos uma material de excelente qualidade e a curtos passos vamos mudando o caráter desse assunto nos espaços acadêmicos.

UFFOCO: Qual a importância que você acredita que a pesquisa tem no meio acadêmico e profissional?

FM: A pesquisa é de suma importância para a trajetória acadêmica. Através dela temos a oportunidade de nos debruçar sobre temas importantes, além de contribuir para o enriquecimento intelectual da Instituição.

UFFOCO: Qual teu conselho para quem não tem ideia de temas para abordar em uma pesquisa ou não sabem como começar?

FM: Escrevam sempre sobre o que te emocionam e se dediquem, desta forma seu escrito terá muita qualidade.

 

Agradecemos a participação de Fernanda Macedo e, claro, deixamos aqui nossos parabéns em nome de toda a comunidade acadêmica à ela, por nos representar tão bem em todas as atribuições que exerce.

Fique ligado em nossas redes sociais e em nosso site, em breve teremos mais entrevistas e estaremos sempre informando sobre oportunidades e eventos acadêmicos e profissionais.

Aula Inaugural da pós graduação ”Lato Sensu” em Residência Jurídica

Aula Inaugural da pós graduação ”Lato Sensu” em Residência Jurídica

Por Bianca Dominguez

No dia 18 do mês de outubro ocorreu no auditório do Campus Aterrado uma Aula Inaugural para dar início as atividades da primeira turma de pós graduação do curso de Direito da UFF de Volta Redonda. A solenidade contou com a presença da Profa. Dra. Renata Braga Klevenhusen para palestrar acerca do Tema: Mediação de conflitos e o princípio da não- violência; a caminho da concretização do direito fraterno, assim como uma breve apresentação das disciplinas ministradas, cada uma por cada professor atuante no curso e suas expectativas para qual o curso espera.

Read More Read More

ESCUELA DE VERANO BRASIL/COSTA RICA

ESCUELA DE VERANO BRASIL/COSTA RICA

Você sabia que oito estudantes da UFF/VR foram selecionados para representarem a Universidade no Curso de Verão em Direito Ambiental na Universidade de Costa Rica? Os selecionados  Adriano Pixinine, Mônica Soares, Isabella Lima, Jordan Anthoni, Andresa Leal, Ana Carolina Vargas, Thamires Cantareli e Thaís Vasconcellos são graduandos do Curso de Direito da UFF/VR.

O evento ocorrerá de 05 a 09 de novembro de 2018 na cidade de San José. Haverão palestras com renomados ambientalistas do Brasil e da Costa Rica, visitas à unidades de conservação, passeios culturais e visita à Corte Interamericana de Direitos Humanos!! Os participantes tiveram a possibilidade de enviar resumos expandidos com posterior publicação. 

A escola de verão e sua programação são gratuitas, porém os candidatos devem arcar com as despesas de passagens, hospedagem, alimentação e demais despesas. A hospedagem e a alimentação terá preços diferenciados aos participantes do evento. Para isso, eles precisam da sua ajuda. Você pode ajudar contribuindo com qualquer quantia através do link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/programa-escuela-de-verano-en-derecho-ambiental-costa-rica.

Ou ainda, pode visitar o brechodelos – o bazar organizado pelos estudantes com vendas onlines e presenciais na UFF/VR. A próxima edição presencial do bazar será realizada no pátio da UFF/VR, Campus do Aterrado de 9h30 às 18h00 no dia 23 de outubro de 2018 e todos os produtos estarão apenas R$ 5,00 (cinco reais). Estarão a venda livros, roupas, bijuteiras e acessórios!

Link: https://www.instagram.com/brechodelos/

Aluno em Foco: Hugo Ferreira – Especial Mobilidade Internacional

Aluno em Foco: Hugo Ferreira – Especial Mobilidade Internacional

Por Kímberli Libanio.

Foi publicado nesta semana o edital para a Mobilidade Acadêmica para alunos que desejam realizar parte de seus estudos em universidades de ensino superior estrangeiras no primeiro semestre de 2019. E com o intuito de informar e inspirar mais alunos a se inscreverem no processo, o UFFOCO trará semanalmente a coluna Aluno em Foco focando no edital.

O aluno Hugo Ferreira, graduando do Curso de Direito da Universidade Federal Fluminense campus de Volta Redonda, tem se destacado em sua vida acadêmica, de fundador e vice-presidente da Ímpeto Empresa Júnior Jurídica à aluno intercambista em uma das maiores universidades da Itália.

Hugo passou um semestre na Università Degli Studi Di Torino, que é uma das principais universidades públicas italianas com reputação internacional pela elevada qualidade de ensino e investigação.

Ele conversou com o jornal UFFOCO acerca de algumas dúvidas e curiosidades que o processo de mobilidade internacional pode suscitar na cabeça de alunos que também desejam embarcar na mesma aventura.

Assim, daremos início a uma série de matérias com alunos da UFF-VR que passaram ou estão por passar pela experiencia de estudar em uma universidade estrangeira. Deste modo, o jornal procurou fazer perguntas objetivas para que mais alunos de nossa universidade possam ir além das fronteiras em busca do saber e do crescimento acadêmico e profissional.

 

UFFOCO: O que te motivou a escolher a Itália?

HF: A Itália primeiramente me atraiu pela cultura, a qual sempre admirei. Depois de um estudo a respeito do ordenamento jurídico italiano, me surpreendi com a tamanha influência e histórica importância do Direito italiano no contexto não só europeu, mas também mundial. Suas universidades milenares e ao mesmo tempo tão avançadas com certeza pesaram na minha escolha de país para a mobilidade, ao agregar significativamente experiência de vida e acadêmica.

UFFOCO: Quais dificuldades você encontrou ao se preparar para a admissão na Universidade de Turim?

HF: Bom, no meu caso tive a necessidade de comprovar minha proficiência em inglês, além de todo o histórico escolar e procedimentos que se exige para uma Mobilidade acadêmica internacional.

A UFF me deu suporte todo o tempo em relação a documentação, e o processo de visto de estudante (que é exigido para permanência por mais de 3 meses) se deu tranquilamente.

UFFOCO: E a adaptação à cultura italiana?

HF: De fato, acho que a maior dificuldade que tive foi em relação à moradia, pois na cidade de Turim as possibilidades de aluguel a curto prazo são praticamente nulas e o universitário “temporário” sempre corre contra o tempo para conseguir uma moradia universitária. As acomodações compartilhadas sempre são muito procuradas, e apesar da intensa procura consegui um lugar perto da universidade, o qual me ajudou muito em questão de deslocamento. A respeito da adaptação, uma das grandes surpresas que tive foi o estilo de vida italiano, o qual é um pouco mais fechado, ou ” frio ” como muitos dizem. Eu não esperava a necessidade dessa adaptação social, entretanto com o tempo fui me enquadrando e entendendo melhor a cultura. A alimentação e transporte na vida de um estudante em Turim é com certeza um diferencial, com restaurantes universitários com almoço de qualidade a 1 euro e diversos e eficientes meios de transporte, o universitário consegue se concentrar melhor nos seus objetivos profissionais e acadêmicos.

UFFOCO: Você acredita que as disciplinas cursadas lá vão contribuir com a sua carreira e como?

HF:  Com certeza! Na Universidade de Turim além de ter cursado duas matérias de graduação normal, tive a oportunidade de realizar dois cursos em Master Degree:  International Contracts e International Competition Law, cursos os quais tem grande relevância no Direito empresarial global e não são de fácil acesso para estudantes de Universidades Federais no Brasil, o que tornou uma experiência muito gratificante e de extrema importância para a construção do meu futuro profissional.

UFFOCO: Que conselho você dá para quem deseja seguir os mesmos passos que você?

HF: Bom, primeiro gostaria de dizer para quem deseja realizar a mobilidade que será uma experiência única em sua vida, e que definitivamente será um divisor de águas na sua carreira tanto no setor privado quanto público, pois a experiência e o crescimento vivenciados irá te acompanhar pelo resto da vida. Aconselho a sempre ser manter atento ao que a universidade tem a oferecer, tanto a receptora quanto a de origem, estar em dia quanto a proficiência nas línguas desejadas e preparado para novos desafios e aprendizados.

Agradecemos a participação de Hugo Ferreira.

Para mais informações acerca das universidades conveniadas ao Programa de Mobilidade Internacional, os requisitos de admissão e as datas importantes, clique aqui.

Prêmio de Reconhecimento Acadêmico da Universidade Federal Fluminense

Prêmio de Reconhecimento Acadêmico da Universidade Federal Fluminense

O Prêmio de Reconhecimento Acadêmico, foi criado pela Instrução de Serviço PROAES/PROGRAD, visando contemplar os alunos que se destacaram durante a graduação. Para se candidatar, o discente deverá preencher alguns critérios estabelecidos pelo edital, tais como:

1- estar regularmente matriculado, e não trancado, em cada semestre letivo dos anos de 2014 e 2015 (exemplo), exceto em caso de mobilidade acadêmica; 2- ter sido aprovado em todas as disciplinas nas quais se inscreveu nesse período; 3- ter cursado, em cada semestre letivo de 2014 e 2015 (exemplo), pelo menos uma disciplina obrigatória do seu curso de graduação, excluídas as disciplinas de estágios, monografias, trabalhos de conclusão de curso, etc.; 4- além de ter média nas disciplinas obrigatórias de 2015 igual ou superior a nove, ou que tenha superado a média obtida dentre as disciplinas obrigatórias de 2014 em pelo menos 15%, excluídas também as disciplinas de estágios, monografias, trabalhos de conclusão de curso e equivalentes.

O Prêmio de Reconhecimento Acadêmico contempla estudantes de graduação com frequências em aulas nos anos anteriores ao prêmio.  “Além disso, visa reconhecer mérito no desenvolvimento acadêmico do estudante no seu período acadêmico, valorizando a sua formação”. No ano de 2017,  o Campus de Volta Redonda foi contemplado com dezessete ganhadores.

A Equipe UFFOCO gostaria de parabenizar a todos os ganhadores:

AEDAN MARQUES DE SOUZA DIREITO (VOLTA REDONDA)

ALEXANDRE HIROMITSU HAMASAKI DIREITO (VOLTA REDONDA)

ANA CAROLINA DE CARVALHO SIQUEIRA DIREITO (VOLTA REDONDA)

CAROLINE DE SOUZA MEIRA DIREITO (VOLTA REDONDA)

CAROLINE GARCIA ERMANO DIREITO (VOLTA REDONDA)

GIULIANA PROPATO GUERRA DIREITO (VOLTA REDONDA)

KÁTIA MARIA NEVES MARQUES PSICOLOGIA (VOLTA REDONDA)

MAIARA CARVALHO LANDIM DIREITO (VOLTA REDONDA)

PAULA NOBRE DE SOUZA PINTO VIEITAS DIREITO (VOLTA REDONDA)

RAYNNE GONÇALVES DE PAULA SILVA CIÊNCIAS CONTÁBEIS (VOLTA REDONDA)

REBECA FERREIRA VIANA  PSICOLOGIA (VOLTA REDONDA)

RODRIGO DIAS PAIS MAGALHÃES DIREITO (VOLTA REDONDA)

RONIEL DE OLIVEIRA NASCIMENTO DIREITO (VOLTA REDONDA)

SARAH ALFENA DE SOUZA DIREITO (VOLTA REDONDA)

STHEFANI RODRIGUES VIEIRA ANDRADE DIREITO (VOLTA REDONDA)

THAIS FREIRE DE VASCONCELLOS DIREITO (VOLTA REDONDA)

Honra ao Mérito: BRUNA NOVAIS DA SILVA CIÊNCIAS CONTÁBEIS (VOLTA REDONDA)

Se você também tem interesse em participar, não deixem de acompanhar as notícias do site e o lançamento do próximo edital.

Maiores informações:
apoioacademico@proaes.uff.br
Telefone:
21 2629 5348