Browsed by
Dia: junho 18, 2018

Aluno em Foco: Hugo Ferreira – Especial Mobilidade Internacional

Aluno em Foco: Hugo Ferreira – Especial Mobilidade Internacional

Por Kímberli Libanio.

Foi publicado nesta semana o edital para a Mobilidade Acadêmica para alunos que desejam realizar parte de seus estudos em universidades de ensino superior estrangeiras no primeiro semestre de 2019. E com o intuito de informar e inspirar mais alunos a se inscreverem no processo, o UFFOCO trará semanalmente a coluna Aluno em Foco focando no edital.

O aluno Hugo Ferreira, graduando do Curso de Direito da Universidade Federal Fluminense campus de Volta Redonda, tem se destacado em sua vida acadêmica, de fundador e vice-presidente da Ímpeto Empresa Júnior Jurídica à aluno intercambista em uma das maiores universidades da Itália.

Hugo passou um semestre na Università Degli Studi Di Torino, que é uma das principais universidades públicas italianas com reputação internacional pela elevada qualidade de ensino e investigação.

Ele conversou com o jornal UFFOCO acerca de algumas dúvidas e curiosidades que o processo de mobilidade internacional pode suscitar na cabeça de alunos que também desejam embarcar na mesma aventura.

Assim, daremos início a uma série de matérias com alunos da UFF-VR que passaram ou estão por passar pela experiencia de estudar em uma universidade estrangeira. Deste modo, o jornal procurou fazer perguntas objetivas para que mais alunos de nossa universidade possam ir além das fronteiras em busca do saber e do crescimento acadêmico e profissional.

 

UFFOCO: O que te motivou a escolher a Itália?

HF: A Itália primeiramente me atraiu pela cultura, a qual sempre admirei. Depois de um estudo a respeito do ordenamento jurídico italiano, me surpreendi com a tamanha influência e histórica importância do Direito italiano no contexto não só europeu, mas também mundial. Suas universidades milenares e ao mesmo tempo tão avançadas com certeza pesaram na minha escolha de país para a mobilidade, ao agregar significativamente experiência de vida e acadêmica.

UFFOCO: Quais dificuldades você encontrou ao se preparar para a admissão na Universidade de Turim?

HF: Bom, no meu caso tive a necessidade de comprovar minha proficiência em inglês, além de todo o histórico escolar e procedimentos que se exige para uma Mobilidade acadêmica internacional.

A UFF me deu suporte todo o tempo em relação a documentação, e o processo de visto de estudante (que é exigido para permanência por mais de 3 meses) se deu tranquilamente.

UFFOCO: E a adaptação à cultura italiana?

HF: De fato, acho que a maior dificuldade que tive foi em relação à moradia, pois na cidade de Turim as possibilidades de aluguel a curto prazo são praticamente nulas e o universitário “temporário” sempre corre contra o tempo para conseguir uma moradia universitária. As acomodações compartilhadas sempre são muito procuradas, e apesar da intensa procura consegui um lugar perto da universidade, o qual me ajudou muito em questão de deslocamento. A respeito da adaptação, uma das grandes surpresas que tive foi o estilo de vida italiano, o qual é um pouco mais fechado, ou ” frio ” como muitos dizem. Eu não esperava a necessidade dessa adaptação social, entretanto com o tempo fui me enquadrando e entendendo melhor a cultura. A alimentação e transporte na vida de um estudante em Turim é com certeza um diferencial, com restaurantes universitários com almoço de qualidade a 1 euro e diversos e eficientes meios de transporte, o universitário consegue se concentrar melhor nos seus objetivos profissionais e acadêmicos.

UFFOCO: Você acredita que as disciplinas cursadas lá vão contribuir com a sua carreira e como?

HF:  Com certeza! Na Universidade de Turim além de ter cursado duas matérias de graduação normal, tive a oportunidade de realizar dois cursos em Master Degree:  International Contracts e International Competition Law, cursos os quais tem grande relevância no Direito empresarial global e não são de fácil acesso para estudantes de Universidades Federais no Brasil, o que tornou uma experiência muito gratificante e de extrema importância para a construção do meu futuro profissional.

UFFOCO: Que conselho você dá para quem deseja seguir os mesmos passos que você?

HF: Bom, primeiro gostaria de dizer para quem deseja realizar a mobilidade que será uma experiência única em sua vida, e que definitivamente será um divisor de águas na sua carreira tanto no setor privado quanto público, pois a experiência e o crescimento vivenciados irá te acompanhar pelo resto da vida. Aconselho a sempre ser manter atento ao que a universidade tem a oferecer, tanto a receptora quanto a de origem, estar em dia quanto a proficiência nas línguas desejadas e preparado para novos desafios e aprendizados.

Agradecemos a participação de Hugo Ferreira.

Para mais informações acerca das universidades conveniadas ao Programa de Mobilidade Internacional, os requisitos de admissão e as datas importantes, clique aqui.